A Unibes Cultural recebe o primeiro evento sobre diversidade nos games, organizado pela Abragames, na ocasião será lançado o Selo de Apoio e Incentivo à Diversidade na Indústria de Games, na categoria Raça.

O debate “Representatividade Negra nos Games” acontece no dia 7 de agosto, às 19h, na Biblioteca da Unibes Cultural (Rua Oscar Freire, 2.500), entrada franca. A Abragames convidou desenvolvedores de jogos que têm atuado nesta causa e pesquisadores da área para discutir onde estamos a para onde queremos ir quando o assunto é representatividade negra.

Entre os debatedores, estão: Raquel Motta (Sue The Real), José Wilson (Pix Juice), Marcos Silva (Sue The Real), Mariana Rodrigues (Flux Games), Simon Gamboa (Tapps Games), Ivelise Fortim (Homo Ludens).

Participantes do evento

Segundo os organizadores do evento e representantes do Conselho da Diversidade da Abragames, entre os objetivos do Conselho, está a conscientização da comunidade gamer e de empresários sobre a desigualdade, ainda presente em diversas esferas sociais e sobre a maneira como ela, infelizmente, reflete em toda a nossa produção nacional. “Para isso, é necessário abrir espaço para diálogo e discutir questões relacionadas à diversidade de gênero, de raça, de identidade sexual, deficiências e seu impacto na indústria brasileira de games”, afirma Vicente Vieira Filho, vice-presidente da Abragames.

Durante o evento, serão anunciadas as diretrizes do Selo de Apoio e Incentivo à Indústria na Categoria Raça, outra iniciativa do Conselho da Diversidade. As diretrizes irão compor as normas representativas do Selo de Apoio e Incentivo à Diversidade, um instrumento criado para prestigiar e evidenciar ações relacionadas à produção de jogos no Brasil. “Atualmente, apenas o selo de Gênero e LGBTQ+ estão disponíveis, aproveitamos o evento para lançar o selo de raça”, explica Camila Malaman, representante do Conselho e uma das organizadoras do evento.

Clique aqui para mais informações e inscrição.

Cover: Foto/divulgação SESC São Paulo.

PUBLICIDADE