No ano passado, a Revista WarpZone apresentou em sua quinta edição (download gratuito disponível aqui) um especial sobre os jogos da série ToeJam & Earl, além de uma conversa com o cocriador da franquia, Greg Johnson. Um dos jogos abordados na matéria foi o então vindouro quarto game da franquia: “Back in the Groove!”, cujo desenvolvimento começou em 2015, após sucesso em campanha de financiamento coletivo que arrecadou mais de 500 mil dólares.

O game finalmente foi lançado no dia 1º de março de 2019, para as plataformas Steam, PS4, Xbox One e Nintendo Switch. Vamos conferir se valeu a pena a espera:

GRÁFICOS:

Desde o começo do projeto, o estilo visual do game foi redefinido algumas vezes até chegar ao resultado final. Os gráficos 2D para os personagens, aplicados inclusive a elementos 3D nos cenários, somados às cores vibrantes deixam um clima alegre e descontraído em Back in the Groove!. O que agrada também é a grande variedade de personagens, não apenas os protagonistas, mas os Earthlings, que representam tanto inimigos quanto aliados. Em razão disso, estão frequentemente no caminho dos rappers, sempre inusitados e cada qual com seu respetivo efeito (benéfico ou não) para os protagonistas.

Os Earthlings estão de volta para nos ajudar (ou infernizar)
Os gráficos são um colírio aos retrogamers

ÁUDIO:

Grande destaque para a parte sonora, que, além da ótima dublagem para os protagonistas, conta com a trilha composta pelo músico Cody Wright, mostrando todo o potencial do baixo para apresentar versões remixadas de músicas antigas da franquia, além de novas faixas preparadas especialmente para o novo game. Fuunky!!! E para deleite dos fãs e colecionadores, foi disponibilizada para venda no site oficial a trilha sonora do game em vinil, que ainda acompanha a art work e a versão em CD, contudo ela se encontra esgotada (até o fechamento da matéria). Mas não fique triste, ela também está disponível nas plataformas de streaming de música. Curta esse groove!

Fonte: Acervo pessoal

GAMEPLAY:

Desde o princípio, Back in the Groove! foi idealizado como uma verdadeira continuação do primeiro game, e tal fato fica evidenciado de forma clara no gameplay, que ao invés da mecânica de plataforma em side-scrolling visto no segundo game, ou plataforma de “mundo aberto” em 3D do terceiro título, volta às origens e apresenta a boa e velha exploração em níveis sobrepostos do game que originou a franquia.

Os patins continuam a nos salvar dos perigos, mas não vá muito longe!

Com o objetivo de coletar, ao longo dos 25 níveis do jogo, as 10 peças da nave especial, ToeJam e Earl contarão com diversos presentes, alguns com efeitos benéficos, ajudando os heróis a enfrentarem os inimigos, e outros com efeitos indesejados, prejudicando a jogatina, mas em nenhum momento a diversão, já que, ao não saber o conteúdo do presente, o jogador pode acabar, literalmente, cavando a própria cova.

A tensão na hora de abrir os presentes continua

O jogo conta com diversos elementos dos outros jogos da série, como a exploração de árvores e casas, utilização do dinheiro nos parquímetros para obter itens e a psicodélica Hyperfunk Zone, uma área bônus com progressão lateral.

Itens desbloqueáveis, como personagens jogáveis e chapéus que conferem novas habilidades, complementam ainda mais o fator replay, que é elevado à enésima potência quando explorado com amigos, uma vez que o multiplayer, que foi um dos grandes trunfos do original, se faz presente de forma magistral no novo game.

O multiplayer de Back in the Groove é diversão garantida

Até o trailer de ToeJam & Earl: Back in the Groove! é uma grande homenagem ao jogo original, ao estilo propaganda dos anos 90. Confira!

PUBLICIDADE