Nesta quinta-feira (01), a Riot Games anunciou quais regiões receberão o Campeonato Mundial de League of Legends (LoL) nos próximos 3 anos. No ano que vem, o mundial será sediado mais uma vez na Europa e a final será em Paris, França.

O torneio em 2020 voltará a acontecer no oriente, a China será pela segunda vez sede do mundial, a primeira ocorreu no ano passado, em 2017, e sua final do torneio se passou no famoso Ninho do Pássaro, estádio construído para os Jogos Olímpicos de 2008.O último local confirmado foi a América do Norte para 2021, continente que já foi sede em três ocasiões, em 2012, 2013 e 2016, todas nos Estados Unidos, porém a Riot Games ainda não confirmou se o país receberá o mundial pela quarta vez ou se será realizado no vizinho Canadá.


Segundo o chefe de eventos da Riot Games, Derrick Asiedu, conhecido também por “FearGrom” revela que o anúncio adiantado dos locais dos próximos mundiais faz parte do “compromisso contínuo de construir e sustentar um futuro de longo prazo para os fãs, jogadores, equipes e parceiros dos eSports de League of Legends.”

Derrick adiciona: “Queremos garantir que as experiências em nossos eventos estejam entre as melhores dos eSports. Criando mais tempo para os ciclos de planejamento dos nossos maiores eventos globais, forneceremos também mais tempo para os fãs, jogadores, equipes e parceiros se planejarem com antecedência. Acreditamos que isso é um passo importante que ajudará a agregar mais valor para todos que participam de nossos eventos ao redor do mundo.”

O mundial de 2018 já está na reta final. No próximo sábado (03/11), após um mês de campeonato, acontecerá a final entre a equipe europeia Fnatic e a equipe chinesa Invictus Gaming. O torneio, que está sendo realizado na Coréia do Sul, passou por 4 cidades (Seoul, Busan, Gwangju e Incheon) e a grande final de League of Legends será no Munhak Stadium, estádio construído para a Copa do Mundo de futebol de 2002.

PUBLICIDADE