Quando o Rei de Todos os Cosmos acidentalmente destrói todas as estrelas do universo e a Lua, cabe ao Príncipe (você) a missão de reconstrui-las.

Pode parecer uma tarefa impossível, mas não quando se tem em mãos a ferramenta ideal para o serviço: a katamari, uma espécie de bola mágica com capacidades aderentes incríveis, a qual rolaremos mundo afora coletando os mais diversos tipos de objetos, desde fósforos e alfinetes até, por incrível que pareça, pessoas, carros, animais e prédios!

E é dessa forma que daremos volume a nossa katamari até ao ponto em que ela se tornará apta a entrar em órbita, satisfazendo, assim, aos delírios do Rei de Todos os Cosmos. Tudo isso ao som de uma trilha sonora J-pop extremamente cativante.

Essa é a premissa de Katamari Damacy Reroll, jogo anunciado pela Bandai Namco, a ser lançado na eShop do Nintendo Switch e Steam em 30 de novembro desse ano. Uma versão física será disponível um pouco mais tarde, em 7 de dezembro. Conforme anunciado na última transmissão do Nintendo Direct, o jogo será um remaster de Katamari Damacy, lançado para PS2 em 2004.

 

O remaster contará com gráficos de maior resolução, taxa de quadros em 60 fps e cutscenes completamente recriadas em Full HD. Haverá também um modo multiplayer para dois jogadores e diferentes configurações de controle que, aliás, foram simplificados ao toque dos analógicos ou, no caso do Nintendo Switch, com o uso dos sensores de movimento dos joy-cons.

Uma curiosidade de Katamari é que na versão original japonesa, o Rei de Todos os Cosmos admite abertamente que estava bêbado quando destruiu as estrelas, enquanto que na versão americana isso fica apenas implícito. Será que vão manter a história original sem censuras?

Confira abaixo o trailer da versão para Nintendo Switch de Katamari Damacy Reroll:

PUBLICIDADE