O Analogue Pocket, um console portátil que funcionará como uma versão moderna, atualizada e compatível com o Game Boy, teve de ser adiado para o ano que vem. Antes anunciado para este ano, precisou ter sua data modificada devido às muitas questões envolvendo o coronavírus no mundo. O console, assim, chega em maio de 2021.

A Analogue cita “o infeliz estado global das coisas e os desafios da cadeia de suprimentos fora do nosso controle” como a razão do atraso. Entretanto, junto com o anúncio do adiamento, veio também a pré-venda. Será possível fazer as encomendas para as primeiras unidades do console portátil a partir de 3 de agosto.

A empresa também mostrou pequenas alterações no design do portátil, como os botões iniciar, selecionar e home que foram movidos para a parte inferior do dispositivo. Também foram apresentados novos acessórios, como um estojo de plástico transparente, um carregador rápido e adaptadores de cartuchos. O portátil aceita nativamente cartuchos de Game Boy e Game Boy Advance, mas com adaptadores, rodará também games de Game Gear, Neo Geo Pocket Color e Atari Lynx.

O Analogue Pocket também terá um recurso que permite que a sua tela, de 615 ppi, tenha modos de exibição originais para cada console. O console é mais um do rico histórico da marca, conhecida por oferecer consoles de primeira qualidade, levando os cartuchos de consoles antigos, como o Super Nintendo e Mega Drive, a consoles compatíveis com as TVs atuais, e que rodam os games em alta definição.

O portátil da Analogue é o primeiro console de mão da empresa. Possui um monitor LCD de 3,5 polegadas de 665 ppi e com Gorilla Glass, uma bateria de 4300 mAh, que garante jogatina de seis horas, suporte para jogos de Game Boy, Game Boy Color e Game Boy Advance, e sintetizador embutido, para criação de músicas em 8-bit. O console será lançado por US$ 199,99. E o Dock, que permite o gameplay na TV, custará US$ 99.

Cresci com duas paixões: velocidade e videogames. Assim, busco contar as histórias, de ontem e de hoje, destes dois universos, queridos por milhares de pessoas em todo o mundo. Você pode acompanhar mais sobre estes universos me seguindo no Twitter, ou no Instagram.