Conhecido pelo seu canal sobre videogames, e agora também pelo seu canal sobre comidas, Alessandro Velberan é um criador de conteúdo carismático e cheio de histórias pra contar.

Ele faz vídeos, escreve em blog e é muito bom de papo. Com o lançamento do seu primeiro livro, No Meu Tempo as Coisas Eram Diferentes, aproveitamos pra falar com ele e conhecer algumas curiosidades deste lançamento tão esperado pelo seu público.

Sendo assim, confiram a nossa conversa com o Velberan que ficou demais.

Livro, com os brindes exclusivos de quem apoiou no Catarse. Foto por Yudi Ishikawa

1 – Quando surgiu a ideia de fazer um livro contando suas histórias?

Velberan: Foi quando voltei do Japão e fui à sede da WarpZone. O Cleber Marques me sugeriu fazer um livro sobre mim (sim! O Velberan Definitivo quase se tornou uma realidade), mas eu não queria fazer um “livro de youtuber”. Porém, a ideia ficou na cabeça e comecei a rascunhar minhas memórias com videogames, para escrever o livro que está publicado agora.

2 – O que foi mais difícil no processo de redação?

Velberan: Acertar a ordem cronológica dos acontecimentos. Nas memórias temos as lembranças não necessariamente quando elas ocorreram, e descobrir quando cada história aconteceu me deu um baita trabalho! Para isso, eu usava como referência outras coisas que eu lembrava da época e buscava por data de lançamento de algum jogo que estava jogando ou algum programa que passava na TV.

Então, histórias que eu lembrava ter acontecido em determinada época, na verdade aconteceram anos depois e minhas lembranças estavam erradas. De certa forma, preparar o material me ajudou a conhecer mais minha própria história.

3 – É mais difícil escrever um livro ou manter um canal com vídeos?

Velberan: Escrever um livro, sem dúvidas. A quantidade de informação levantada é muito maior, assim como o esforço para deixar tudo coeso. Além disso, tem a preocupação com a qualidade do texto, para que o leitor se interesse em ler por várias horas e todo o processo de produção, como revisões e tudo mais.

4 – Quanto tempo levou?

Velberan: Eu já tinha alguns rascunhos preparados ao longo de quase dois anos, mas quando peguei firme para escrever, foram cinco meses trabalhando sem parar no livro. Durante o período quase não postei vídeos no canal de games e vários seguidores reclamaram, mas foi por uma boa causa.

5 – O feedback do seu público está dentro do esperado por você?

Velberan: Está sendo maior! Estou recebendo muitos comentários de pessoas emocionadas com as histórias e como elas serviram para eles mesmo se recordarem das próprias. Acho que consegui atingir o objetivo com o livro.

6 – Quais os seus planos para o futuro agora?

Velberan: Continuar escrevendo! Não serão histórias sobre games, e sim ficção, histórias criadas por mim mesmo. Já tenho um livro de fantasia todo rascunhado e espero terminá-lo para lançar até 2021. Aguardem!

O livro já faz parte da coleção. Foto por Flávio Antônio

As histórias em No Meu Tempo as Coisas Eram Diferentes são muito divertidas e a leitura está muito gostosa. Em diversos momentos você vai se sentir vivendo aquilo ali também.

É muito fácil a gente se identificar com essas histórias, pois nós também vivemos isso tudo, do nosso jeito. Se interessou pelo livro? Então, clique aqui e garanta o seu exemplar.