Joey Cuellear “Mr.Wizard”, presidente e co-fundador da EVO, o maior torneio de jogos de luta do mundo, foi acusado de ter assediado crianças e adolescentes.

O jogador de games de luta Mikey (@PyronIkari) relatou, em sua conta de Twitter, que quando tinha 9 anos um grupo de pessoas, incluindo Joey Cuellear, pagavam crianças e adolescentes que frequentavam um fliperama nos anos 90 – 2000 para nadarem nus em uma piscina. Mikey também relata que, com 17 anos, Mr.Wizard fez uma aposta para poder olhar suas partes íntimas.

Dada essas acusações, Capcom, NetherRealm e Bandai Namco, os estúdios de Mortal Kombat, de Street Fighter V, Tekken e Dragon Ball FighterZ decidiram retirar sua participação do torneio, cancelando assim as principais competições. Além desses estúdios, diversos competidores e comentaristas como Sonic Fox, Sajam, Tasty Steve e Alicia Xife decidiram não participar desta edição da EVO, que seria online.

Recentemente, a organização da Evolution Championship Series informou, pela sua conta do Twitter, que (em tradução livre):

“Estamos cientes das acusações feitas sobre Joey Cuellar. O comportamento relatado pelas acusações vai contra a missão da EVO de construir um ambiente seguro e acolhedor para nossos participantes. Levamos isso com responsabilidade e seriedade, portando, estamos afastando Joey da organização durante esse período de investigação.

No Dia 2 de julho, a organização do torneio confirmou que Joey Cullear foi retirado da empresa, que não irá mais ter participação com a EVO, e que a edição online da EVO 2020 foi cancelada.

Nós havíamos preparado um guia com todas as informações do que seria o EVO 2020. O torneio presencial já havia sido cancelado em maio, devido às circunstâncias causadas pela pandemia do novo coronavírus. A organização do evento deverá se manifestar pelos próximos dias, informando melhor sobre a situação, e sobre os próximos passo.