Na indústria dos games falar em Nintendo é falar de inovação. A empresa está sempre arriscando e procurando novas maneiras de fazer o jogador interagir com seus jogos. Mas por outro lado, existe um aspecto onde a Big N praticamente não domina: a jogatina online.

Enquanto a Microsoft já investe no setor há mais de 16 anos, fora a expertise prévia da companhia, e a Sony por mais de 12, a Nintendo praticamente não dispunha de um sistema online robusto. Mas isso mudou agora com o Nintendo Switch Online.

O serviço permite, através de uma assinatura, jogar online com seus amigos, fazer uma cópia de segurança dos seus saves na nuvem (mas nem todos os jogos são compatíveis) e ainda fornece acesso a uma biblioteca de 20 jogos do clássicos NES. Agora vamos por partes.

EXPERIÊNCIA ONLINE

Jogatina online pra disputar contra amigos

Jogar com os amigos é prático e simples. Basta ambos ficarem online, se juntarem na mesma sessão e desfrutar da jogatina. Mas conversar via voz é algo – ainda – muito mais complicado. Ambos precisam baixar um App para smartphone e logar na conta da Nintendo, e só então começar o bate papo.

Isso é ruim para os jogadores que gostam de usar fones de ouvido, pois eles terão que usar dois fones ao mesmo tempo para poder jogar e conversar. Enquanto isso, nos outros consoles, os serviços são integrados.

GAMES DE NINTENDINHO

Nada como relembrar os clássicos do passado

Além disso, há o acesso aos games do NES; alguns deles funcionam online, mas sejamos sinceros, são poucos jogos que tem um forte apelo até hoje. Da lista atual, The Legend of Zelda, Mario Bros., Super Mario Bros. 3 e Ghosts’n Goblins são os que têm o apelo mais forte.

Mas ainda assim, a Nintendo poderia disponibilizar jogos do Super NES. Particularmente, acho a biblioteca do SNES com melhores jogos do que no NES. Aliás, só poderão comprar o Joy Con em formato de controle do NES quem for assinante do serviço.

SAVES NA NUVEM 

Um serviço seguro para guardar seu progresso. Será?

Por fim, temos o polêmico serviço de cópia de saves na nuvem da Nintendo. A empresa informou que os saves não serão armazenados no sistema após o fim da assinatura, ou seja, eles serão apagados. Caso você não tenha a cópia original no seu console, então o save ficará perdido para sempre.

Sinceramente não conseguimos entender a razão dessa decisão. A Microsoft disponibiliza para seus usuários a opção de salvar na nuvem, seja assinante da Live Gold ou não. Por outro lado, a Sony disponibiliza o serviço para os assinantes da PSN.

CONCLUSÃO

A Nintendo já é perita em diversas áreas da indústria dos jogos, mas no quesito online eles ainda engatinham. Não há como saber se as coisas poderão ser melhoradas para o Nintendo Switch, mas a certeza é que muita gente assinará o serviço para apreciar Super Smash Bros. com amigos e adversários do mundo inteiro. Quanto ao sucesso dessa empreitada, só o tempo dirá.