Com o sucesso estrondoso de Tmnt Shredder’s Revenge e a chegada de The Cowabunga Collection no último dia 30 de agosto, podemos afirmar o seguinte fato: “Esse é o ano das Tartarugas Ninja”. E para comemorar, criamos um dossiê especial para que você conheça um pouco mais dos nossos queridos devoradores de pizza e seu universo incrível.

Talvez você não saiba, mas já faz mais de 35 anos que Leonardo, Michelangelo, Donatello e Raphael, juntos de April O’Neil, Mestre Splinter e Casey Jones, lutam contra o Destruidor e seu Clâ do Pé, o alienígena Krang e os paspalhões Bebop e Rokcsteady.

Nossos queridos heróis de casco

Onde Tudo Começou

PROPAGANDA

Por incrível que pareça, tudo começou com uma brincadeira do artista Kevin Eastman, ele desenhou uma tartaruga segurando uns bastões dando o título como “Tartaruga Ninja”. Peter Laird recebeu a imagem e, entre gargalhadas, fez uma nova versão. Kevin Eastman fez aquela que seria a primeira imagem do time das Tartarugas Ninjas como resposta. Este rascunho da equipe das tartarugas chegou a ser vendido em um leilão por cerca de 70 mil dólares.

1º imagem das tartarugas ninja

Um dedinho de Marvel nisso tudo

As HQ´s das Tartarugas Ninja foram criadas como uma paródia de alguns super-heróis da Marvel, e com certeza o Demolidor era o alvo principal.

O que nas HQ’s, as tartarugas chamam de “Clã do Pé”, remete aquele que o Demolidor enfrenta com o nome de “A Mão”.

O mentor do Demolidor era um cara chamado Stick, as tartarugas também têm um personagem com características semelhantes, um rato com o tamanho de um humano com o nome de Splinter.

Sem sombra de dúvidas a semelhança encontra-se na origem das tartarugas. A origem do Demolidor acontece quando Matt Murdock salva um homem de ser atropelado por um caminhão, que derruba a sua carga de produtos químicos em Matt. O que vai torná-lo cego e com os sentidos super apurados, coisas que fazem do Demolidor um herói tão especial. Com as tartarugas o cenário é o mesmo, produtos químicos caem em cima de quatro tartarugas bebês, transformando-as nas personagens que conhecemos.

Quem sabe um dia não é…
Leonardo
Também conhecido como Leo.
As suas armas principais são duas Katanas.
Quase sempre, é descrito como o mais velho e o líder das Tartarugas Ninja, e apesar de não ser forte como Rafael, inteligente como Donatello ou talentoso como Michelangelo, Leonardo é o mais espiritual, disciplinado e sincronizado com os ensinamentos do Mestre Splinter.

Sem Dívida, sem Glória

Kevin Eastman teve que se endividar para que as tartarugas surgissem. Ele zerou a sua conta bancária, pediu dinheiro emprestado a um tio e investiu tudo na produção das HQ’s e em publicidade. No fim, o investimento compensou, pois todas as HQ’s esgotaram em menos de duas semanas. Isso foi impressionante, principalmente pelo fato delas serem completamente desconhecidas do público.

Nosso dinheiro deveria ser assim
Michelangelo
Também conhecido como Mike ou Mikey.
As suas armas principais são um par de Nunchaku.
Mais divertido que os seus irmãos, foi dado a Michelangelo um papel mais preponderante na série de 1987, visto que era direcionada para uma audiência mais nova, ao contrário do tom mais sério do desenhado original. Normalmente, é ele que sempre arranja uma maneira de acabar as frases chave do grupo, como “Cowabanga!”, que na série de 2012 foi substituída por “Boyakasha!”

Tartarugas Barra Pesada

O que nós conhecemos das tartarugas dos anos 80 até o que existe hoje é bem diferente das originais das HQ’s, pelo menos do início pois, elas eram personagens bem sombrias. Não havia problema em matar, e elas matavam bastante, cujo único objetivo era a missão de matar o Sheredder.

Se eu fosse você, atravessava para o outro lado da rua
Donatelo
Também conhecido como Don ou Donnie, é a Tartaruga Ninja favorita do cocriador Peter Laird.
A sua arma principal é um Bô.
Ele é descrito como o mais inteligente, com aptidão natural para a tecnologia, e o líder na ausência de Leonardo. Ele é, talvez, a Tartaruga Ninja menos violenta, preferindo usar seu conhecimento para resolver os conflitos, mas sem hesitar em defender seus irmãos.

 

Cada Bizarrice

As 72 HQ´s lançadas entre 1989 e 1995 intituladas, “As Aventuras das Tartarugas Ninjas” traziam histórias estranhas e bem bizarras. Posso citar como exemplo uma das HQ’s, em que as tartarugas viajaram para outra dimensão em uma cabeça gigante de uma vaca.  Em outra, Raphael dá uma bela surra em um Hitler robótico.

Sem comentários
Raphael
Também chamado de Rafa.
Ele usa um par de Sai como arma principal.
Nas primeiras histórias, as Tartarugas Ninja usavam bandanas vermelhas, sendo que Raphael é o único que permanece com a mesma cor de bandana em todas as versões.
Na série Next Mutation, os seus sai juntam-se e formam uma espécie de bastão. Geralmente, Raphael tem emoções extremas e é descrito como agressivo, mal-humorado, enlouquecido e rebelde.
A origem da raiva de Raphael nunca foi bem explicada. Ele tem uma relação turbulenta com o seu irmão mais velho, Leonardo. Em 2011, o IGN colocou Raphael entre os “100 Melhores Heróis da história dos quadrinhos” (23º lugar), uma lista que não tem nenhum dos seus irmãos.

Não é Boneco, é Action Figure

Todo mundo, e eu me incluo nisso, sempre quis ter um bonec…. digo, um action figure das tartarugas ninja quando era criança, (mas por que eu ainda não tenho isso????). O sucesso foi tão estrondoso e esses brinquedos (action figures) eram tão espetaculares que entraram na lista da revista Forbes dos “100 melhores brinquedos de todos os tempos”. O engraçado é que o item mais caro era o Scratch, um gato com roupa de presidiário (provavelmente pela tiragem deste brinquedo).

Não são bonecos, são action figures
Mestre Splinter
Splinter é o rato mutante sensei e pai adoptivo das Tartarugas Ninja, treinado no Japão na arte do Ninjutsu pelo seu dono e mestre, Hamato Yoshi. Splinter tem três histórias de origem, dependendo da media onde é usada. Na versão original, era animal de estimação de Yoshi, em outra versão é ele o próprio Yoshi, mas acabou por sofrer a mutação para um rato de tamanho humano. Em outra versão ele é um rato mutante sem qualquer ligação a Yoshi.

A Quinta Tartaruga

Houve algumas tentativas de inserir uma quinta tartaruga na equipe. A primeira seria em uma sequência de “As Tartarugas Ninja 3” que nunca saiu do papel, onde uma tartaruga chamada Kirby, que tinha uma personalidade muito violenta e agressiva, seria apresentada.

Na série de TV em live action produzida pela Saban Entertainment em 1997, que estreou na Fox Kids em 1998, “Tartarugas Ninja: A Próxima Mutação” nos apresentou “Vênus de Milo”, uma tartaruga feminina. Não deu muito certo, já que a série teve apenas uma temporada.

Tartaruga Jennika

Atualmente, existe uma quinta tartaruga nos quadrinhos chamada Jennika. Ela era uma kunoichi humana e aprendiz do Mestre Splinter. Em um confronto com o Clã do Pé, ela é mortalmente ferida e Leonardo transfere a ela parte de seu sangue para salvá-la, como resultado da transfusão, ela se transforma em uma tartaruga.

April O’Niel
Em todas as histórias em que aparece, April é uma boa amiga das Tartarugas Ninja. Em grande parte das histórias, April torna-se um interesse amoroso de Casey Jones.

April apareceu pela primeira vez em outubro de 1984 na revista Teenage Mutant Ninja Turtles #2 como uma programadora de informática e assistente do cientista louco Baxter Stockman. Mais tarde, na primeira série de animação, é descrita como uma repórter de noticiários muito empenhada, profissão que repetiria nos filmes. Na animação de 2012, April é uma adolescente em vez de uma jovem adulta. April teve a voz de Renae Jacobs na série de 1987, Veronica Taylor na série de 2003, Sarah Michelle Gellar no filme de 2007, Mae Whitman na série de 2012, e Kat Graham na animação “Rise of the Teenage Mutant Ninja Turtles”. Nos filmes já foi interpretada por Judith Hoag (1990), Paige Turco (1991 e 1993) e Megan Fox (2014 e 2016).

Rock and Roll

O sucesso comercial das tartarugas não tinha limite. Alguém teve a brilhante ideia de criar uma banda de rock das cascudas e soltar mundo afora.

E isso realmente aconteceu. A turnê se chamava “Coming Out of Their Shells”, ou “saindo dos cascos”, em português, e consistia nos personagens cantando, dançando e tocando em um palco para milhares de pessoas. Álbuns musicais de verdade foram lançados e a rede de pizzarias Pizza Hut patrocinou tudo, gastando cerca de $20 milhões por show!

Entre os “melhores momentos” estavam Mestre Spinter cantando, o Destruidor dando em cima de alguma mãe desavisada na plateia e o Michelangelo fazendo rap.

Bons tempos…

Casey Jones
Arnold Bernid “Casey” Jones apareceu pela primeira vez em Raphael #1 Micro Series (1985). Tal como as tartarugas, Casey Jones é um vigilante, criado como uma paródia aos personagens vigilantes que existem.

Casey tem por vezes cabelo preto e longo, usa uma máscara de hóquei e às vezes luvas de motoqueiro. As suas armas incluem tacos de várias modalidades desportivas como basebol, golf, cricket e hóquei. Por vezes usa um saco de golf no ombro para transportar as suas armas.

Casey apareceu em três live-actions das Tartarugas Ninja, sendo dois da primeira franquia, nos anos 1990: Teenage Mutant Ninja Turtles (1990) e Teenage Mutant Ninja Turtles 3 (1993), sendo em ambos interpretado por Elias Koteas. Já na versão mais recente, Teenage Mutant Ninja Turtles: Out of the Shadows, sequência do filme de 2014, o personagem é interpretado por Stephen Amell.

Enquanto isso no Japão…

Bom, elas são ninjas né… Então no Japão elas iriam detonar, e na terra do sol nascente elas transcenderam.

Foi criado o anime Mutant Turtles: Superman Legend. Este anime tinha uma trama mais mística e muita coisa totalmente diferentes da versão original. Ele mostrava as tartarugas encontrando cristais mágicos chamados “muta stones”, capazes de transformá-los em super-tartarugas por um determinado limite de tempo e mudando radicalmente seus corpos, os tornando mais parecidos com robôs de combate do que com tartarugas.

Mutant Turtles: Superman Legend

O lance com robôs era tão real que em um determinado momento, os quatro irmãos se unem e formam um único ser, chamado “Tartaruga Santa”, no melhor estilo super sentai. E se você acha que vale a pena ver isso? A resposta é muito simples. MAS É CLARO QUE SIM!

Elas também apareceram na sexta temporada da série Power Rangers. Aparecendo num dos episódios ajudando os Rangers a enfrentar Astronema. Os personagens utilizados foram os mesmos da série “Tartarugas Ninja: A Próxima Mutação”.

Destruidor
Shredder, mais conhecido como Destruidor, ou Oroku Saki. Ele é o arqui-inimigo das Tartarugas ao lado de Krang. A ideia do Destruidor veio a Eastman quando este observou um ralador de queijo e imaginou um vilão que brandisse armas similares nos braços.

Em todas as suas encarnações nas histórias das tartarugas, o Destruidor é o arqui-inimigo de Splinter e de seus filhos. Também é conhecido por ser o líder da facção de Nova Yorque do grupo criminoso Clã do Pé.

Tartarugas no Multiverso

Além de se juntarem aos Power Rangers, elas já se encontraram com a Turma do Archie, já foram a um show de Josie e as Gatinhas e até já encararam assombrações ao lado dos Caça-Fantasmas!

Recentemente, eles se encontraram com o Batman em um filme animado e participaram do game Injustice 2 como personagens jogáveis.

Chama o Batman, não, chama as tartarugas, não… ah, chama os dois

Em relação ao Injustice 2, as Tartarugas Ninja e os personagens de Mortal Kombat nunca se encontraram, mas eles têm muito mais em comum do que apenas serem ninjas. Alguns atores envolvidos com os games da franquia tem um histórico de participações em produções do quarteto de guerreiros.

Ho-Sung Pak, que foi Liu Kang nos dois primeiros jogos da série, encarnou Raphael no segundo e no terceiro filme das Tartarugas Ninja, sendo coordenador de dublês em “O Segredo do Ooze”.

Daniel Pesina, que serviu como modelo para Johnny Cage, Scorpion e Sub-Zero em Mortal Kombat 1 e 2, foi um dos ninjas do Clã do Pé no primeiro filme das tartarugas.

Krang
Krang apareceu pela primeira vez na revista Teenage Mutant Ninja Turtles Adventures vol. 1, publicado pela Archie Comics em agosto de 1988. Na série de TV de 1987, Krang tem a voz de Pat Fraley. É um dos principais antagonistas das tartarugas, aparece como General Krang na série de 2012 da IDW Publishing. Ele usa um enorme, volumoso e poderoso corpo mecânico, de onde o controla numa cabine dentro do torso. No filme de 2016: Teenage Mutant Ninja Turtles: Out of the Shadows, Brad Garrett interpreta Krang que quer dominar a terra com a ajuda do Destruidor, mas se mostra um traidor quando congela o mesmo para sua “sala de troféus”.

 

Nomes e Referências

Se você não sabe, temos o nome dos quatro protagonistas inspirados em grandes nomes da arte renascentista:

Temos que admitir que todos são artistas

Leonardo di Ser Piero da Vinci (ou Leonardo da Vinci);
Donato di Niccoló di Betto Bardi (conhecido como Donatello);
Rafael Sanzio (ou Santi, pois Sanzio era seu local de nascimento e Santi, o nome de seu pai);
Michelangelo di Lodovico Buonarroti Simoni (ou só Michelangelo);

Além do já citado fato de todos fazerem parte do movimento renascentista, todos também trabalharam e viveram parte da sua vida em Florença, o berço do renascimento. Além disso, Rafael, Leonardo da Vinci e Michelangelo são tratados como a “Tríade de Grandes Mestres do Alto Renascimento”.

Enquanto isso, Donatello que não era pintor, pois ele fez seu nome com esculturas. Ele também não foi conterrâneo de todos, pois apenas Da Vinci era nascido quando este faleceu (em 1466). Ele conta com diversos trabalhos famosos, mas podemos destacar entre eles: Davi, Gattamelata, além de diversas estátuas de santos para a igreja.

Bebop e Rocksteady
Bebop e Rocksteady são dois personagens antropomórficos. Criados por David Wise e Peter Laird apareceram pela primeira vez na série animada de 1987, e consequentemente no quadrinho Archie TMNT Adventures assim como muitos dos jogos clássicos TMNT. Ambos apareceram no filme Teenage Mutant Ninja Turtles: Out of the Shadows, interpretados por Gary Anthony Williams e Stephen Sheamus Farrelly, respectivamente.

Eles seguem as ordens do Destruidor, líder do Clã do Pé. Os seus nomes são derivados de dois géneros musicais: Bebop que é um estilo de jazz; e Rocksteady que é um estilo de música jamaicano, percursor do reggae.

Pizza War

Quando o primeiro filme em live action baseado no desenho estava prestes a ser lançado, em 1990, as redes de pizzarias Pizza Hut e Domino’s Pizza entraram em uma verdadeira guerra pelos direitos de patrocinar o longa. Depois de uma cansativa disputa judicial e de dezenas de milhões de dólares investidos, a Pizza Hut levou a melhor, lucrando um monte com o sucesso da produção.

Pizza Time

Até hoje eles patrocinam a franquia, tendo até lançado quatro novos sabores, cada um deles inspirado nos irmãos ninja.

Espero que tenha gostado desse pequeno dossiê sobre os nossos queridos heróis de casco.

Veja a nossa análise de Tmnt Shredder’s Revenge clicando aqui.
Em breve teremos a análise de The Cowabunga Collection.

Nos vemos na próxima.

GRANDE ABRAÇO E “FORÇA DE TARTARUGA!!!”