Finalmente, depois de tanto tempo de espera pudemos botar as mãos no novo Battletoads e posso dizer que surpreendeu.

Nesta análise eu fiz de tudo pra te apresentar o jogo e falar o que ele tem de bom sem dar spoilers, pra não estragar a sua experiência. Tudo que for falado vai apenas iniciar você no novo mundo de Battletoads, sendo você jogador da velha guarda ou não, pode ficar tranquilo.

Jogatina rápida e gráficos cartunescos

E ESSES GRÁFICOS AÍ?

Os gráficos são novinhos em folha, esse daqui eu acredito que seja o ponto que vai dividir muitos jogadores. Há quem curta, há quem não curta o novo estilo, eu particularmente gostei demais, combinaram com a proposta de um jogo com pitadas de humor, muitas caretas e quebra-pau.

O estilo gráfico combina com a proposta do jogo

Gostei bastante do jeitão cartunesco do game, a transição entre gameplay e animações entre telas só muda o enquadramento, o que é muito bom, faz você ter aquela sensação de estar “jogando com o desenho animado”. O estilo gráfico ajudou bastante a distinguir e dar personalidade aos sapos, cada um é bem diferente do outro.

Você escolhe entre Rash, Zitz e Pimple

Os chefes são grandes, possuem bastante movimentos e uma Inteligência Artificial bem legal, você vai ter que aprender e decorar cada investida deles e se virar na hora que abrirem a guarda, no melhor estilo anos 90 mesmo. O bacana é que você escolhe entre Rash, Zitz e Pimple, mas pode alternar entre eles durante a jogatina.

Chefes grandes e movimentos rápidos, ótima combinação

MAS, É FÁCIL OU DIFÍCIL?

Você pode escolher entre três níveis de dificuldade, Tadpole, Toad ou Battletoad. Em Tadpole o game prima pela diversão e não há muito desafio, é pra quem quer curtir a jogatina até o final.

O Toad é um nível que apresenta os sapos para quem não está acostumado com esse tipo de jogabilidade, vale muito a pena começar por aqui.

São 3 níveis: Tadpole, Toad e Battletoad

Já o nível Battletoad é indicado pra quem veio da velha guarda, para aquele jogador que já estava passando o Turbo Tunnel no Nintendinho de primeira.

Aqui o desafio é maior e a diversão se potencializa também. Claro, você vai perceber que não é, nem de longe, a mesma dificuldade do game de 1991, mesmo porque nem era essa a intenção, porém não é nível sopa não.

O Turbo Tunnel está de volta, mais fácil…

Falando em Turbo Tunnel, a fase semelhante no novo jogo não traz aquela dificuldade enorme e de arrancar os cabelos de antigamente, mas também não vai te deixar passar tranquilo.

Conforme a tela vai avançando você vai perceber que não é só pular e se esquivar não, vai ser preciso calcular bem esses pulos pra não arrebentar com os sapos na parede pulando alto ou baixo demais.

…só que nem tanto assim

E A VELOCIDADE DO JOGO?

Esqueça aquela demo que você viu, ou jogou, caso tenha ido na BGS, o gameplay de Battletoads é muito divertido. Cada sapo apesenta uma mecânica diferente, os inimigos na tela te batem mesmo, às vezes aparecem aos montes e você vai tomar porrada.

Você tem que bater, fugir, voltar e bater de novo e vai usar muito o botão de dash pra isso. Tem golpe normal, golpe especial e sequências pra atordoar o inimigo e deixar ele tonto.

Pasme, você pode fazer combos bem legais, quanto mais você bate nos inimigos em sequência, maior será o combo e isso instiga, eu que sou ruim de sequência de botões cheguei a fazer 50 hits, fiquei feliz da vida.

Pode esperar um gameplay com velocidade

Uma dica aqui, o botão de dash vai fazer com que a jogatina se torne frenética: use muito ele enquanto bate e faça combos nos inimigos. Eles vão ficar perdidos e tudo vai ser tão rápido que corre o risco até de você mesmo não saber onde seu personagem está na tela.

A MÚSICA É BOA?

É sim, pode apostar. Se você curtia as trilhas clássicas do David Wise vai estar em casa aqui, mesmo porque parte das trilhas no novo jogo são arranjos feitos das composições originais.

As demais composições foram feitas por músicos como Josh Locke e Matt O’Grady, entre outros. Um time de primeira.

Homenagem ao legado de David Wise

Posso dizer com certeza que a trilha sonora no novo Battletoads é ótima, te coloca no clima e em muitas situações faz você imergir no que está acontecendo na tela.

Ah, e digo mais, não é só na trilha durante o jogo que mandaram bem não, nas animações entre as telas o trabalho ficou muito bem feito também.

O QUE TEM DE MELHOR?

Na opinião de quem curtiu os gráficos, amou a trilha sonora e adorou o gameplay, eu te digo que o que há de melhor no jogo são as piadas e as sacadas entre os sapos e com os inimigos. Os diálogos são divertidos e a tiração de sarro nas animações valem boas risadas.

A fase 2 é hilária, vai vendo

Ao passar a primeira tela você vai logo pra uma transição de fases, meio que um mini-game, onde você precisa fazer massagem de forma sincronizada, dar autógrafos de forma ágil e digitar enquanto bate num PC que fica travando. Esse tipo de coisa dá muita personalidade pros sapos, pro jogo.

FALTA ALGUMA COISA?

Pra mim o que ficou faltando é perfumaria, nada que uma atualização simples não resolva, e se não tiver também não vai atrapalhar.

Eu senti falta de legendas em português, pois são tantas piadas e tiradas legais que eu acho que o público brasileiro merecia uma localização. Acho que seria pedir demais dublagem em português, mas se alguma DLC pudesse trazer isso seria ótimo, a cereja do bolo.

ATUALIZAÇÃO: Para que as legendas apareçam em português as configurações de região do seu computador deverão estar em português, no meu caso eu sempre uso em inglês. Logo, seria legal poder alterar isso nas configurações do jogo e não ser algo automático assim com base no sistema operacional.

Outra coisa que ficou meio estranha são os personagens falando, durante o jogo, e a boca não mexer. Poderiam ter trabalhado um pouco melhor nisso. Mesmo em inglês a boca dos personagens ficam estáticas enquanto falam.

Bem que podia ter um PT-BR ai

Porém, viram só, eu disse que o que faltava não atrapalharia em nada, não disse? Então, tá aí, se incluírem esses pontos no futuro está bom, se não incluírem, tudo bem.

VAI ACABAR COM MINHA INFÂNCIA?

De forma alguma, o jogo está muito bom, você vai se divertir. Não venha com nenhuma cisma e tire da cabeça os gráficos de antigamente, isso vai te ajudar bastante a entender a proposta do novo Battletoads.

O que foi, já foi e você pode relembrar de muitas formas, jogando nos consoles originais, em emuladores e até através do Rare Replay, o novo jogo é novo e ponto.

Tá bonito, tá divertido

Pode apostar em Battletoads que você vai curtir, uma bela homenagem à franquia e, finalmente, uma continuação. Não terminei o jogo ainda, calma lá, mas joguei pelo menos até pouco mais que a metade. Ao que tudo indica, e posso te dizer com certeza: RECOMENDO!

Lançado para Xbox One e Windows, o novo Battletoads foi desenvolvido pela DLaLa Studios e estará disponível publicamente dia 20 de agosto. Quem tem Game Pass já sabe, é só baixar.

Acompanhe também a nossa análise em vídeo: