Teve uma época mágica no mundo dos videogames, na qual jogávamos em casa, nas locadoras e nos botecos, essa época se chama anos 90.

Eu sei que esse papo de “na minha época era melhor” , hoje em dia, é meme, mas não pude evitar essa introdução paro texto porque a época que você viveu sempre será a melhor, seja ela anos 70, 80, 90 ou 2000. Eu nasci no início dos anos 80 então passei os anos 90 inteiros jogando videogame já adolescente, te digo que foi demais.

Quero relembrar na coluna de hoje uma coisa que acontecia nessa época, algo engraçado e curioso. Usávamos palavras diferentes para dizer a mesma coisa quando o papo era videogame.

Com certeza você se lembra daquele amigo que falava que “terminou” um jogo, enquanto você falava que “zerou” ou “virou” após vencer no final. Isso acontecia também com os fliperamas, alguns chamavam de arcades, outros de Taito, o local de casa de máquinas, ou playtime e assim por diante.

Fliperama, arcade, casa de máquinas, playtime…

Uma das situações mais clássicas é aquela discussão de “fita” ou “cartucho” (eu falo fita até hoje), garanto que essa foi a discussão mais intensa, até do que “bolacha” e “biscoito”. Ta bom, ai eu forcei mesmo. A gente falava “tela”, “fase” ou “estágio”, mas uma coisa a concordávamos, o “mestre”, “chefe” ou “boss” quando era difícil fazia a gente passar muita raiva.

Até hoje mantemos muitas dessas palavras diferentes para dizer a mesma coisa, vivíamos com esses sinônimos. As vezes as revistas de videogame queriam criar um padrão, ditar a moda, mas nem isso funcionava, na nossa quebrada se você se metesse a besta seria zuado pela galera.

Eu mantenho muito do “dialeto” da época, aquele que aprendi na escola, na rua ou na locadora, e não canso de reclamar quando meu personagem está quase sem “sangue” no Street Fighter 2, ainda mais quando o player 2 é um apelão.

E você, quais eram as palavras que usava nessa época para falar essas coisas?

Quero então aproveitar e indicar um vídeo que eu gravei para o canal da WarpZone sobre esse assunto, ficou muito legal. Veja: