Senna Sempre Entrevista Horizon Chase Turbo Sandro Manfredinj
Entrevista: Senna Sempre - Conversamos com Sandro Manfredini. Imagem: Steam

Lançada em 20 de outubro de 2021, a DLC Senna Sempre, da Aquiris — que complementa o jogo Horizon Chase Turbo — é uma homenagem marcante em forma de jogo a um dos maiores ídolos do esporte mundial, e ao maior piloto brasileiro de Fórmula 1, Ayrton Senna.

Contando com muitas inovações em termos de design e gameplay, a ponto do game ficar um pouco diferente do Horizon Chase original, a DLC Senna Sempre revela momentos marcantes da história do piloto, além de possuir forte ligação com a marca Senna.

Senna Sempre homenageia o piloto de F1 Ayrton Senna

PROPAGANDA

Aproveitamos a BGS 2022 — cujo estande da Nintendo contou com uma área reservada aos jogos produzidos no Brasil — para entrevistar Sandro Manfredini, Diretor de Negócios da Aquiris Game Studio e que trabalhou diretamente na DLC Senna Sempre. Fizemos, desta vez, em complementação à entrevista realizada no ano passado — e durante uma sessão e outra de jogatina no evento —, algumas perguntas mais focadas nos bastidores de produção envolvendo o game.

WarpZone: Olá Sandro, muito prazer. Estamos muito felizes em realizar esta entrevista sobre Senna Sempre. A primeira coisa que nós queríamos perguntar é: Como surgiu a ideia de criar a DLC Senna Sempre?

Sandro Manfredini: Em primeiro lugar, muito prazer. A WarpZone é um canal e sinto que a gente gosta muito das mesmas referências, então é sempre muito bacana falar com vocês e ter este espaço. A inspiração de Senna Sempre, na verdade, surge de alguma forma justo com o próprio jogo. Porque quando a gente decidiu fazer Horizon Chase, nós fomos beber de muitas fontes de jogos arcades do passado. 

Instituto Ayrton Senna Senna Sempre
Instituto Ayrton Senna. Fonte: Instituto Ayrton Senna

Obviamente que já é muito conhecido que a gente se inspirou em Top Gear, Outrun etc., mas claro que Ayrton Senna’s Super Monaco GP II, por exemplo, também estava no catálogo de jogos que a gente olhou, brincou e foi buscar lá aquela jogabilidade que nós temos no game. E aí, dado o lançamento do jogo base, tivemos a oportunidade de ser brasileiro e estar perto do Senna Brand, que é a instituição que controla a marca Senna e que tem essa conexão com o Instituto Ayrton Senna

Foi um sonho nosso juntar todas essas coisas porque parte da receita desta DLC vai para o Instituto Ayrton Senna — que, para quem não tem conhecimento, desde 1995, é uma instituição que trabalha para fomentar a educação só de escolas públicas no Brasil; um trabalho incrível que perpetua aí já há muitos anos, mesmo depois do falecimento do piloto Ayrton Senna. Portanto, é um orgulho enorme para nós estarmos contribuindo com isso. 

Entrevistamos Sandro Manfredini Senna Sempre
Entrevistamos Sandro Manfredini, da Aquiris Game Studio. Foto: Isabella Souza

WZ: Quais foram as motivações/ inspirações para a inclusão de novidades na DLC, como visão em primeira pessoa, estratégias de corrida, façanhas do Senna e o Modo Carreira que se comporta como um modo história no jogo?

SM: Perfeito! Na verdade, quando tivemos a oportunidade de concretizar esta parceria com a Senna Brand e trazer esse jogo (DLC) para a franquia do Horizon Chase, a gente parou para se perguntar “o que nós, brasileiros, poderíamos oferecer de diferente daquilo que já foi feito usando a imagem do Senna em outros jogos de corrida?”

E no nosso modo de ver, era e o conhecimento e a vivência que a gente tinha da carreira do Senna — não só dos highlights, dos campeonatos, mas também um pouco do começo da sua carreira, de outros anos em que ele não era tão famoso, seja para nós que somos mais velhos e tivemos a oportunidade de ver e relembrar, seja para a nova geração que não teve a oportunidade de conhecer um pouquinho desta carreira. 

BGS22 Senna Sempre Sandro Manfredini
Desenvolvedor (Sandro Manfredini) e sua obra em imagem capturada durante a BGS22

O Modo Carreira é essa novidade que a gente traz, que não tem em nenhum outro jogo com o Ayrton Senna. Para quem observar a DLC, verá que dividimos a carreira dele em cinco capítulos. Obviamente, seria impossível fazer a carreira inteira de Senna, já que foram 10 anos de Fórmula 1 — ficaria muito extenso, tornando-se, assim, um jogo novo mesmo —, então fizemos algumas escolhas para dividir este capítulo em cinco principais episódios/temporadas.

Começamos com o Ayrton Senna na primeira equipe dele de Fórmula 1, que é a Toleman, depois passando para a era da Lotus, que teve a clássica Lotus preta, depois a Lotus amarela, até os anos mais simbólicos que são os anos na McLaren e o tricampeonato mundial. Essa foi a parte que trouxemos de maior inovação para que, conforme a pessoa vai jogando, e dependendo da sua performance, ela possa ir desbloqueando alguns highlights dessa campanha.

Então aí tem fatos históricos, como na primeira temporada, por exemplo, quando o pior carro do grid chegou em segundo lugar no GP de Mônaco. Se o jogador conseguir repetir essa performance, ele desbloqueia esse achievement e acaba lendo o que foi de realidade nesta conquista de Ayrton Senna.

Senna Sempre
A DLC de Horizon Chase Turbo Senna Sempre estava disponível na Nintendo, em área exclusiva aos jogos nacionais, durante a BGS22

WZ: Como foi levar ao jogo máquinas de Fórmula 1 e como se desenrolou a construção das pistas com base em modelos reais de autódromos?

SM: A Aquiris teve bastante trabalho de pesquisa, que foi muito legal porque, a partir do momento que a gente teve essa escolha de resumir em cinco capítulos, tivemos também que fazer escolhas de quais pistas fazer. Mesmo escolhas do tipo: no primeiro ano da primeira temporada, o Grande Prêmio da Inglaterra não era em Silverstone, mas em Brands Hatch

Então, até pelo custo da DLC como um todo, a gente escolheu Silverstone, que seria um circuito mais marcante. Ele também foi chamado de Silvastone, que foi um trocadilho com o nome Ayrton Senna da Silva. Basicamente, esse trabalho de pesquisa e escolha foi um dos mais legais. Claro que tivemos algumas dores de ter que tirar algumas coisas, mas, mesmo assim, essa foi uma das mais legais.

Senna Sempre Horizon Chase Turbo
Momentos emocionantes na DLC Senna Sempre direto do Nintendo Switch

WZ: Sobre as etapas no desenvolvimento da DLC Senna Sempre, quais foram aquelas que fluíram melhor, e também aquelas que deram mais trabalho?

SM: Uma das etapas que fluíram melhor em Senna Sempre foi, de alguma forma, fazer os próprios circuitos, porque se assemelhavam um pouco aos anteriores presentes no título. Eles possuem uma dinâmica um pouco diferente dos circuitos de cidade — como temos no jogo base —, mas, do ponto de vista técnico, não mudam muito. 

Já o que realmente deu mais trabalho foram as inovações, como comentamos. A visão em primeira pessoa traz uma outra dimensão e um novo tipo de dificuldade ao jogador. Teve também a questão do espelho retrovisor, que era algo que tentamos fazer no jogo base, mas que tinha dado bastante trabalho. Todavia, aqui a gente se esforçou um pouco mais, pois pensamos que ela faria muita diferença. Por isso, fomos atrás para conseguir entregar isso ao jogador.

WZ: Como foi para a equipe homenagear a marca Ayrton Senna e como tem sido a recepção desta DLC pelos fãs?

SM: Cara, a recepção foi melhor impossível. É claro que é importante lembrar que tem um desafio enorme quando a gente pega um ídolo global como Ayrton Senna e mexemos com o amor das pessoas. Existe um receio muito grande de decepcionar.

Senna Sempre
Senna Sempre em destaque na BGS22. Foto: Isabella Souza

Eu acho que hoje, já tendo feito um tempo desde o lançamento, podemos, claramente, dizer que o retorno foi sensacional, não só dos jogadores, mas também da própria imprensa. Apesar de ser um conteúdo extra do Senna, ele foi escolhido como o melhor jogo brasileiro do ano passado pelo conjunto de veículos de imprensa do Brasil.

Então, eu acho que a gente mexeu com algo que era muito delicado, mas trouxemos um pouco daquela assinatura que estávamos buscando que era, como brasileiro, apresentar o Ayrton Senna para a nova geração e trazer a jogabilidade que já era boa no Horizon Chase com algumas inovações.

Mensagem Senna Sempre
Mensagem dos desenvolvedores em Senna Sempre

WZ: Pode nos contar algumas curiosidades ou detalhes de bastidores que ocorreram durante o desenvolvimento do Senna Sempre?

SM: Falando um pouquinho da nossa paixão por isso, todo o time se enganou de uma maneira especial, mesmo os que não tinham vivido na época. É como a geração que viu o Pelé e sabe da importância que ele teve no futebol brasileiro e mundial. 

Senna Sempre Israel Mendes Sandro Manfredini
Israel Mendes (Aquiris), Sandro Manfredini (Aquiris) e Jaime Ninice (WarpZone) em momento descontraído antes da entrevista. Foto: Isabella Souza

Eu acho que algumas coisas que mexiam um pouco com a gente era, por exemplo, ao escolher as fotos que a gente colocaria ali no jogo, lidar com esse arquivo da família Senna — que na verdade a gente entendeu que isso ainda é organizado pela mãe do Senna — começou a mexer com algumas emoções, de fato, a mais do que a gente imaginava.

Então, quando começamos a fazer as escolhas de fotos, essa proximidade ganhou um outro patamar e aí eu acho que foi tendo um pouco mais dessa emoção de trabalhar com Senna.

WZ: Quais os planos futuros da marca Horizon Chase? E, será que poderemos ver a DLC Senna Sempre, talvez, ganhar vida em Horizon Chase 2, abusando do design 3D e das capacidades de sua continuação?

SM: Vou ser bem honesto que isso não está no nosso world map para agora, mas o Horizon Chase 2 tende a seguir este mesmo carinho e cuidado que a gente teve no Horizon Chase 1. Nós passamos sete anos trazendo novidades para o Horizon Chase e isso não é algo que a gente vai deixar de fazer no segundo título. 

Então, lançamos Horizon Chase 2 agora no Apple Arcade, pretendemos continuar trazendo inovações para ele e, com certeza, virão também os DLCs. Na verdade, agora não está no plano, mas pode ser que surja também a ideia desta DLC.

Colaboração, apoio e imagens: Isabella Souza

Agradecimentos: Isabella Souza, Sandro Manfredini, Israel Mendes e Cleber Marques