Em tempos que lançar versões mini e comemorativas de consoles é uma bela homenagem, e um mercado lucrativo, tudo que for possível desenterrar do passado é bem vindo, certo?

Ao menos é o que parece, pois a Sega está tirando um bom proveito disso. Depois do Mega Drive Mini, e seus fantásticos acessórios (que mesmo não funcionando tem um fator incrível de coleção), a empresa anunciou então o Game Gear Micro que, aqui no ocidente, “torceu o nariz” de muita gente mas no Japão foi um sucesso. Agora, a Sega vem com uma outra novidade, um mini arcade.

Já falamos antes do Astro City Mini por aqui, se você ainda não viu, vale dar uma olhada antes. Mas, logo após o anúncio do novo produto apareceu um fã dizendo: Eu fiz primeiro!

DE ONDE VEIO A IDEIA?

Um artista chamado Robert Dunn mantém uma iniciativa chamada Multi Game System, que é, basicamente, uma empresa responsável por produzir consoles e gabinetes customizados. Alguns destes trabalhos são feitos em escala reduzida, já outros são modelos totalmente originais.

Projeto criado por Robert Dunn

Há cerca de um ano Robert vem trabalhando em um projeto de mini arcade chamado Astro City Mini, isso mesmo, um arcade mini homenageando os famosos gabinetes da Sega, da mesma forma que o novo anúncio da Sega.

Em suas redes sociais, Robert compartilhou todo o progresso do seu trabalho, começando com desenhos e conceitos, depois os modelos em 3D e por fim o protótipo. Chegou em um ponto que, há seis meses atrás, Robert fez uma demonstração do seu Astro City Mini funcionando.

A SEGA COPIOU?

De acordo com o anúncio da Sega ela vai criar uma versão mini do seu famoso gabinete Astro City. O lançamento está previsto ainda para 2020. O mini arcade terá 36 jogos, você poderá ligar na TV e ainda o aparelho vai aceitar controle externo para disputas entre dois jogadores. Com exceção dos 36 jogos oficiais, o mini criado por Robert é praticamente igual.

Em certo momento algumas pessoas podem até pensar: Então a Sega copiou o projeto do Robert?

Isso é pouco provável. Primeiro, é bem possível que a Sega não tenha visto antes o projeto do fã que, apesar de ser algo muito bem feito, não deve ter atingido o alcance necessário, o que é uma pena. Segundo, a Sega está fazendo uma versão mini de um gabinete que ela mesma lançou em 1993. Robert projetou a mesma ideia, e qualquer outra pessoa ou empresa que fizesse uma versão mini do Astro City dificilmente faria algo tão diferente. Logo, os projetos naturalmente ficaram parecidos.

E OS DOIS JUNTOS?

Claro que não podemos julgar ainda, mas, aparentemente, o mini criado pelo Robert é até mais bonito, em detalhes, do que o apresentado pela Sega. Sim, estamos comparando vídeos e fotos de um produto praticamente finalizado, no caso do mini criado pelo Robert, com algumas poucas fotos divulgadas pela Sega, porém com o pouco que se viu é possível ter essa noção de que o trabalho do fã tem detalhes mais interessantes.

Projeto criado por Robert Dunn

Uma vantagem de um produto lançado pela Sega é que ele terá um custo bem menor do que um trabalho customizado e artesanal feito por um fã, é a magia da larga escala. E mais, um dos detalhes mais importantes, no caso do mini da Sega será um produto oficial, lançado por quem tem os direitos sobre o Astro City.

Seria um sonho então pensar no Robert colaborando com a Sega nesse projeto? Sim, seria um sonho, pois não acredito que seja possível, neste momento adiantado do projeto, adicionar alguém de fora no time de produção do Astro City Mini da Sega.

Comparação entre os dois projetos

Mas, nada é impossível, já que vimos cenários parecidos acontecerem com o Sonic Mania e com o novo Alex Kidd, cada um com suas particularidades. Sabemos também que a Sega recebe muito bem essas iniciativas feitas por fãs.

O que posso dizer é que o Robert está de parabéns, seu trabalho é incrível e merece ser seguido. Quanto a Sega, estamos atentos também, pois esse novo mini ainda vai dar muito o que falar, a ansiedade pela lista completa de jogos ainda é grande por aqui.