Nos anos 90 e início dos anos 2000 era muito comum alugar um filme de “besteirol”, aqueles que não tinham a menor preocupação com o politicamente correto, ou em fazer o menor sentido. Dentre esses, podíamos encontrar essas duas figuras divertidas ao longo da história.

AMIGOS INSEPARÁVEIS

Jay era um típico adolescente que não gostava de trabalhar e sempre soltava um pensamento filosófico duvidoso, devido ao consumo de algumas plantas, se é que me entendem. Já Bob Calado expressava suas ideias através de expressões corporais e faciais, pois era, como o próprio nome diz, muito calado.

A dupla fez aparições em vários momentos de filmes conhecidos como Todo Mundo em Pânico 3, Dogma e Barrados no Shopping, até ganharem um longa só para eles: O Império (do Besteirol) Contra-Ataca, em 2001.

E com uma animação baseada nos personagens, eles acabaram se tornando muito queridos entre crianças e adolescentes da época. Marcados por momentos hilários e nostálgicos, não havia forma melhor de revisitarmos a dupla que um jogo baseado em suas aventuras.

Jay e Silent Bob interpretados por Jason Mewes e Kevin Smith

UM GAME COM ESSES DOIS FOI UMA IDEIA GENIAL

Jay and Silent Bob: Mall Brawl acerta em cheio nos corações dos gamers que viveram naquela época. Não havia como ser diferente e a arte do jogo remete aos jogos da era de ouro do NES, aliás, diferente de games que encontramos hoje em dia, que imitam gráficos de Nintendinho, esse é um game para Nintendinho. Com a sua versão física do cartucho, o jogador vai poder tirar a poeira do seu velho companheiro e jogar diretamente na sua TV de tubo, no melhor estilo anos 90.

Após sabotarem um programa de TV chamado Truth or Date, os amigos precisam abrir caminho através de variados cenários da emissora e enfrentar os mais inusitados tipos de inimigos para fugir. De skatistas e velhinhas com andadores, até o saudoso ator Patrick Swayze montado em seu cavalo, trazem o clima nonsense dos filmes e do desenho para o game.

JOGABILIDADE NOSTÁLGICA

O jogador de longa data vai conseguir facilmente perceber referências aos games Double Dragon, Teenage Mutant Ninja Turtles e River City Ransom. O game escancara que é uma homenagem ao gênero beat’em up, e abusa das similaridades de seus precursores.

Mall Brawl conta com modos cooperativo e solo. Neste último, o jogador alterna entre os amigos inseparáveis. O interessante aqui é que a energia de um pode ser recarregada, mesmo após sua derrota, se o outro mantiver um bom desempenho nos combos.

O game traz jogabilidade nostálgica e inimigos inusitados

QUE VENHAM MAIS GAMES ASSIM

Com uma sacada brilhante de trazer esses personagens queridos por muitos e o lançamento de uma cópia física para ser jogada como nos velhos tempos, o game mostra que ideias boas e divertidas não dependem de gráficos mirabolantes e que a indústria de games indie ainda tem muita lenha para queimar.

Desenvolvido pela Interabag e publicado pela The Media Indie Exchange, Jay and Silent Bob: Mall Brawl vale muito a pena pela nostalgia de poder revisitar o universo desses personagens icônicos criados por Kevin Smith, que interpreta o Bob Calado. O game está disponível para Switch e PC. A versão jogada para essa análise foi a do Switch.