No início, tudo era questão de pontuação. Quem é da geração do Atari lembra bem qual é o sentimento de jogar, não para terminar um game, mas para bater o recorde. Não importava se o hi-score era da sua irmã, do seu primo ou dos seus amigos, o importante era superá-los.

O especial do gato é um dos mais divertidos e ainda garante muitos pontos para você

Essa também era a ideia dos jogos de arcade. Deixar suas iniciais no topo das pontuações, naquele game que você tanto gostava. Mostrar que era fera naquela máquina e que ninguém do bairro era melhor que você. Você poderá reviver esse sentimento com My Night Job, que traz a proposta de alcançar sempre a melhor pontuação, no melhor estilo arcade.

PAGANDO BEM, QUE MAL TEM?

Reggie, um jovem adulto de meia idade, está tranquilo em sua poltrona, vendo um show de rock, quando decide mudar de canal e se depara com um comercial. Nele, uma equipe especial promete pagar muito bem a pessoas que estejam dispostas a entrar para a equipe que combate o mal.

Os olhos de Reggie brilham e ele logo se imagina curtindo a vida numa boa, montado em tanta grana. Mas ao ser recebido por um general, com uma cara meio suspeita, a expressão de felicidade no rosto do protagonista dá lugar a um tenso sentimento de que as coisas não seriam tão simples.

Parece que Reggie vai preferir ter continuado com seu show de rock

E, ao ser arremessado de um helicóptero dentro de uma mansão infestada dos mais diversos tipos de monstros, com a missão de resgatar todos que conseguir, Reggie tem a certeza de que havia se metido em uma enrascada.

SOBREVIVA E FIQUE RICO, OU MORRA TENTANDO!

A ideia do jogo é simples: sobreviver e fazer o maior número de pontos possível. Mas não se engane, essa missão pode ser mais complexa e desafiadora do quê você imagina. O cenário é uma imensa mansão com 8 andares, alguns escondidos. Todos os cômodos são interligados, e vão desde subsolo mal-assombrado, até um sinistro terraço, com direito a inimigos poderosos.

Só encare o terraço se estiver com uma arma bem poderosa

Seu objetivo é resgatar os sobreviventes e entregá-los ao helicóptero que os leva para longe em segurança. Entre estes civis, existem alguns que são especiais e vão lhe dar itens como armas, energia, chaves para acessar locais secretos e muito mais. Um presente legal, que é dado por uma velhinha firmeza, é um gato que, ao ser usado, pode acabar com um cômodo inteiro de inimigos.

Além desses itens especiais para recuperar vida, aumentar seu poder de destruição e ganhar uma grana extra, você vai ter um enorme arsenal de armas pelo cenário. É muito divertido acabar com hordas de zumbis usando uma bicicleta ou até mesmo um pernil assado, porém, sem dúvidas, você vai se divertir muito com a motoserra, que pode acabar com dezenas de inimigos de uma só vez.

Quanto mais sobreviventes levar ao helicóptero, mais itens e grana vai conseguir

Use o que for preciso para aumentar o multiplicador de pontos e não deixar que os monstros destruam os cômodos da mansão. Ao acumular um certo número de inimigos em um desses cômodos, eles começarão a destruí-lo e você terá que chegar até o local e acabar com todos, caso contrário, ele será destruído e se isso acontecer em 4 vezes, é game over.

DIVERSÃO GARANTIDA À MODA ANTIGA

Como deixamos bem claro, My Night Job é um game sobre fazer a maior pontuação, quebrar recordes, colocar seu nome no topo, e ele oferece um gameplay extremamente divertido e viciante, que te prenderá por muitas horas enquanto tenta fazer isso.

Seus personagens, tanto sobreviventes, quanto inimigos são muito cativantes. Muitas referências a filmes de terror podem ser encontradas aqui, como a Samara, de O Chamado, entre outras surpresas divertidas. A trilha sonora, muito bem produzida, transmite tanto o clima de terror dos filmes, quanto o sentimento de urgência que a jogatina pede.

My Night Job que é recomendado tanto para os jogadores mais casuais quanto para os hardcores foi desenvolvido pelos brasileiros Philip Mangione e Bruno Speranzoni, e produzido pela Webcore Games, e está disponível para PS4 e Steam.