Ah, o natal … época mágica, cheia de muita alegria e boas lembranças … e são essas boas lembranças que me trazem aqui. Tenho certeza que, assim como eu, vocês recordam com carinho de momentos bem legais vividos no natal, principalmente quando falamos de games né? Sendo assim, pegue seu gorro, ligue o pisca-pisca e vem comigo trazer à tona nossas memórias gamísticas mais bonitas dos tempos natalinos!

Jingle Bells, Jingle Bells!

Minhas primeiras memórias natalinas remetem ao início dos anos 90. Eu era bem pequeno, e me lembro perfeitamente de esperar ansioso pelo amanhecer do dia 25 de dezembro. Ao acordar, bem nos pés da minha cama estavam os tão esperados presentes que Papai Noel trazia pra mim. Entretanto, hoje sei que eram meus pais que colocavam ali os presentes, e valorizo ainda mais esse gesto deles após entender o quão eram difíceis aqueles tempos. Eles sempre se esforçavam pra tentar fazer do nosso Natal uma época bem feliz e inesquecível. Muito obrigado, papai e mamãe!

Merry christmas from sierra on line
Meu sonho era ter uma lareira em casa. Fonte: magisterrex.wordpress.com
PROPAGANDA

Mas… onde entram os videogames nessa história? Pois bem. Lembram do nosso último texto onde conto a experiência de quando ganhei meu Super Nintendo? A partir daquele ano os meus natais nunca mais foram os mesmos! E com isso, memórias afetivas maravilhosas foram construídas através dos anos, sempre com os jogos do lado. E são essas memórias que vamos relembrar agora!

Tempo de ganhar jogos novos

Falar em anos 90 e não lembrar das dificuldades financeiras é quase impossível né? Pra nós, meros guris ávidos por ganhar novos jogos, o natal era uma das oportunidades de receber um cartucho novo. Por exemplo, na melhor das hipóteses pingaria um joguinho também no dia das crianças. Porém, o certo mesmo era esperar o Papai Noel trazer aquele cartucho que havíamos pedido nas cartinhas que mandávamos pra ele.

Eu escrevia cartinhas sim! Me julguem! Fonte: www.bebesecriancas.com.br

O ano era 90 e alguma coisa, e eu ganhei meu Super Nintendo alguns meses antes do Natal. Consequentemente, aproveitei pra pedir logo um jogo, já que eu só tinha o Super Mario World que vinha no bundle do console. Querido Papai Noel, queria ganhar de presente o jogo de futebol que eu jogava com papai na locadora”. Esse sou eu, solicitando de presente o jogo International Superstar Soccer, confiante e ansioso que meu desejo seria atendido.

O dia 24 chegou, muitas brincadeiras com os primos e muita comida na casa de minha avó. Paralelamente, as horas se arrastavam e eu não aguentava mais esperar para que o dia amanhecesse. Enfim, fomos pra casa, e quando acordei olhei aquele pacote embrulhado, em formato meio retangular, colocado próximo ao meu par de chinelos no chão ao lado da cama. Logo, não pensei duas vezes: rasguei o embrulho e lá estava: o tão esperado International Superstar Soccer! Que alegria indescritível! Passei o dia inteiro jogando aquele clássico…bons tempos!

Jogatinas e mais jogatinas

O bom do natal é que ele sempre coincide com as férias de fim de ano. Aí já viu né: jogatinas a perder de vista! Lembro que meus primos tinham Mega Drive e Master System, e a jogávamos muito esses consoles. Até que alguns deles ganharam um SNES assim como eu. Ficávamos horas jogando Top Gear e Super Mario Kart! Da mesma forma, nós emprestávamos jogos uns pros outros, possibilitando que jogássemos muita coisa sem gastar muita grana.

A jogatina era mais ou menos desse jeito. Fonte: Thinkstock

E chegava o tão esperado dia 24, onde a família se reunia pra comer e beber, e a gurizada se amontoava na frente da tv. Um dos primos levava o console e seus jogos, os outros levavam seus cartuchos. E ninguém percebia o tempo passar! Parávamos somente na hora da ceia de natal, mas comíamos com toda pressa pra voltar pra jogatina. Tinha sempre aquele primo mais esperto que comia mais rápido pra poder começar a jogar primeiro! No dia 25 as jogatinas continuavam, agora com os cartuchos que a gente ganhava do Papai Noel, e o ciclo se seguia até o reinício das aulas na escola…

E hoje em dia?

Os tempos mudaram muito. Agora, a correria da vida adulta acaba tirando um pouco da magia dessa época tão gostosa. Mas eu tento sempre manter esse brilho natalino vivo. Em primeiro lugar, tento comprar alguns joguinhos pra coleção. Em segundo lugar, começo a  jogar aqueles games que mais me remetem aos tempos dos natais de infância. E para completar a alegria,  minha esposa me presenteou com um SNES Edição Clássica, e a sensação foi como se tivesse voltado à infância! Estou jogando muita coisa, terminei Super Metroid recentemente e agora comecei a jogar A Link to the Past!

Boas Festas meu povo! Fonte: adrenaline.com.br

E você, quais são suas memórias de jogatina em tempos natalinos? E como faz pra manter viva essas memórias natalinas em meio a correia da vida adulta? Conta pra gente! Esse ano pude começar a escrever aqui no portal WarpZone, e garanto a vocês que foi um dos melhores presentes que já recebi! Espero poder continuar trazendo nesse ano novo muitos textos novos sobre joguinhos velhos pra vocês, se Deus quiser! Então, Feliz Natal e um 2022 repleto de muita saúde e games! Valeu!